Ana Cláudia: o desafio e o prazer de ser mãe em Surubim!

Às vezes o acaso traz o melhor caso ou, especificamente, uma surpresa chamada: filho(a)! Capaz de transformar (para melhor) os pais, mais precisamente, aquela que foi abençoada com a dádiva de ser mãe, como na situação de Ana Cláudia.

Foto: Lulu/Surubim News

Aninha, como costuma ser chamada pelos amigos e familiares, é surubinense, tem 19 anos e há 8 meses mudou consideravelmente seu dia a dia, após o nascimento da sua filha, Maria Heloísa. Com quem não se desgruda, jamais! 

Foto: Lulu/Surubim News

Apesar dos pesares, porque não é fácil criar uma bebê sem a presença constante do pai da criança, ela e sua mãe, Ana Cristina, de 38 anos, fazem de tudo por Maria Heloísa. Dando-lhe carinho e zelo, incondicionalmente. Não à toa, a maternidade fez Aninha amadurecer mais rápido, mudando o modo como a mesma enxerga o mundo. 

Foto: Lulu/Surubim News

Ela, que também foi criada sem a presença de um pai, sabe que é tarefa árdua desempenhar o papel duplo, principalmente em cidades pequenas, diante do machismo inserido na sociedade. Porém, à parte do preconceito e dos eventuais percalços, há muita satisfação pessoal, sem deixar de lado sonhos que pretende realizar. 

Foto: Lulu/Surubim News

Pois os últimos acontecimentos na vida de Aninha lhe fizeram aflorar o desejo de cuidar das pessoas, em áreas como a de enfermagem. Dessa maneira, ela espera em breve conciliar estudos com obrigações maternais, crescendo como mulher devido à motivação gerada por cada sorriso e afago de Maria Heloísa. Sua filha, refúgio e razão maior para se sentir feliz, e amada!

A comunicação me fascina. Gosto de relatar, informar e opinar. Portanto, pus no ar um site pra expor minha terra de uma maneira dinâmica, sob o meu prisma e o de outros autores.

Notícias Recentes