Balanço da Câmara de Vereadores de Surubim

Foto: Ilustração/Surubim News

Foto: Ilustração/Surubim News

OPINIÃO /// O que muitos não sabem é que a Câmara Municipal de Surubim aprovou uma lei que aumentou o número de vereadores. Em 2012, eram 11 vagas na Casa Euclides Mota. Em 2016 subiu para 13. A meu ver, isso é evitável e só aumenta os gastos públicos com políticos. Todavia, a lei está dentro do critério de proporcionalidade, respeitando o art. 29 da Constituição Federal por meio da Lei Orgânica. Decerto, municípios com até 80 mil habitantes podem ter no máximo 15 vagas disponíveis.
.
Existiram outras mudanças nítidas. Véia de Aprígio (PSB), que é reeleita há tempos, confirmou o favoritismo, ficando na liderança da votação, com 2451 votos. Porém, dessa vez ela não será a única presença feminina na Câmara a partir de 2017. Já que Ivete do Sindicato (PT), Anabel Negromonte (PDT) e Bana (PTB) foram eleitas. Dando para as mulheres maior força, protagonismo e representatividade em Surubim. Valendo lembrar também da futura prefeita, Ana Célia Farias.
.
Continuando: Biu Farias (PSB) não se candidatou e Josafá (PDT) foi candidato a vice-prefeito na chapa de Túlio Vieira, logo, os dois vão encerrar suas atividades em dezembro. Já Lúcio Fabrício (PTC), Salatiel José de Lima (PDT), Hulk (PSD) e Paulo do INSS (PSD) não se reelegeram. Abrindo espaço para Micherlan (PDT), Itamar (PR), Geraldo Lira (PTB), Nailton do Jucá (PSB) e Marco de Biu Machado (PSDB), além dos supracitados e dos reeleitos Vavá (PDT), Fabrício Brito (PSB), Bomba (PSD) e Fred Lafayette (PSD).
.
Em suma, muitos dos eleitos e reeleitos são adeptos de assistencialismo e/ou populares nos seus bairros/comunidades e profissões, à parte do dever representativo como membros de um órgão colegial. Cabe a eles atuarem com efetividade e responsabilidade, desempenhando exercícios legislativos pertinentes. E divulgando para a população o que fazem nas sessões ordinárias, extraordinárias e especiais. E cabe ao povo se informar pelo site da Câmara, rádios e outros veículos de comunicação, sobre tudo que nossos representantes estão fazendo. Para que aprovações significativas sejam colocadas em prática, junto com o dever de fiscalizar o Executivo na Prefeitura Municipal. Por fim, que aquele bordão tão utilizado em redes sociais prevaleça: ESTAMOS DE OLHO! Desse modo, nos representem bem!

Luiz Carlos Mota

A comunicação me fascina. Gosto de relatar, informar e opinar. Portanto, pus no ar um site pra expor minha terra de uma maneira dinâmica, sob o meu prisma e o de outros autores.
Seguir:

Notícias Recentes