Casal fica ferido e três criminosos morrem após tentativa de assalto em Surubim

Uma família foi feita refém no começo da madrugada deste domingo (25), durante uma tentativa de assalto a uma residência no Bairro São José, em Surubim. A ação dos criminosos teve início por volta das 0h30. Segundo testemunhas, a empresária Eroneide Arruda, estava chegando em casa vindo de Toritama, onde comercializa confecções, quando foi abordada por homens armados com uma espingarda e um revólver. No imóvel, estavam dois filhos do casal, de 18 e 24 anos, identificados apenas por Vitor e Rodolfo, e o pai dos jovens, o também empresário Edisonaldo Alves.
 
Através de câmeras de segurança, Vitor viu quando os bandidos entraram na residência com a mãe e uma funcionária. Ele conseguiu sair do local pulando o muro da casa e acionou a Polícia Militar. Enquanto isso, Edisonaldo armou-se com uma pistola e reagiu ao assalto. Na troca de tiros, os criminosos efetuaram um disparo de espingarda que atingiu o empresário na região do pescoço e na axila. A mulher foi baleada de raspão no queixo.
 
O casal ficou ferido dentro da residência enquanto um dos bandidos negociava com os policiais do Bope (Batalhão de Operações Especiais) na porta da garagem do imóvel. Após negociação, os assaltantes liberaram a mulher. Ela foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital São Luiz e em seguida encaminhada para o Hospital da Restauração (HR), em Recife. Durante a transferência, e devido à uma forte hemorragia, a equipe teve que interromper o trajeto e levá-la até o Hospital José Fernandes Salsa, em Limoeiro, para que o quadro de saúde voltasse a ser estabilizado e só então a viagem até a capital pernambucana pudesse continuar.
 
Por volta das 5h, os bandidos saíram da casa utilizando Rodolfo e a funcionária identificada por Cida, como escudos humanos, entraram no carro da empresária, obrigando o rapaz a dirigir o veículo, sob ameaça de um revólver na cabeça. Como as ruas ao redor da casa estavam todas com viaturas da PM, eles ordenaram que o jovem furasse um dos bloqueios batendo em motocicletas da Rocam (Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas) e saísse no Anel Viário. A partir daí houve perseguição policial.
 
No distrito de Umari, município de Bom Jardim, os bandidos liberaram os dois reféns e atiraram contra as guarnições da PM. No confronto, um dos assaltantes morreu e os outros dois seguiram na Rodovia PE 90 quando foram alcançados na localidade de Encruzilhada, também em Bom Jardim, onde houve nova troca de tiros que resultou na morte dos criminosos. O Instituto de Criminalística de Nazaré da Mata foi acionado para realizar a perícia na casa e nos locais onde houve o tiroteio entre os policiais e os bandidos. Os corpos dos sequestradores foram levados para o Hospital Municipal de Bom Jardim. Uma equipe da Divisão Especializada de Apuração de Homicídio (DEAH) também esteve nos dois locais onde os assaltantes foram mortos.
 
Edisonaldo só foi socorrido após a saída dos bandidos da residência. Dois helicópteros da Secretaria de Defesa Social foram acionados para a ocorrência. Ainda houve a tentativa de levar o empresário para Recife em uma das aeronaves, mas devido à gravidade dos ferimentos, ele foi transferido em uma ambulância do Samu, por volta das 11h. Não há novas informações sobre o quadro clínico das vítimas.
 
Outros detalhes do caso serão apresentados em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (26), no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar, em Recife.
 
(fonte: Correio do Agreste)

Fundador e editor-chefe do Jornal Correio do Agreste, além de comentarista político, escritor, pecuarista e entusiasta cultural.

Notícias Recentes