Comitiva de Casinhas marca presença em ato estadual pela defesa do SUAS

Uma numerosa comitiva do município de Casinhas, formada pelas equipes dos programas, diretorias e órgãos vinculados à Secretaria de Assistência Social, marcou presença na tarde desta quinta-feira (28) de um grande ato ocorrido e frente à Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) com representantes de vários movimentos sociais que protestaram contra a peça orçamentária do governo federal que retira 98,05% de recursos voltados para o Serviço Único de Assistência Social (SUAS).
A manifestação reuniu quase 2 mil pessoas, dentre os quais, vários políticos, representantes de 73 municípios e das executivas da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), que integra a Frente Pernambucana em Defesa do Suas, organizadora do evento no Recife. “Hoje, no ‘dia D’ em defesa ao SUAS, agradeço a todos os representantes de Casinhas que estiveram participando do ato em busca dos nossos direitos. Assim como também agradeço ao deputado Danilo Cabral pelo apoio aos usuários do SUAS”, destacou a secretária de Assistência Social de Casinhas, Ediluce Leal.
“Hoje foi dia de ir pras ruas protestar contra o desmonte que o Governo Federal quer fazer no Sistema Único de Assistência Social. Estamos do lado dos profissionais afetados pelo corte no orçamento de 2018 (reduzido de 3 bilhões pra apenas 62 milhões) e de todos os brasileiros que também serão prejudicados”, postou em sua página no Facebook o deputado federal Danilo Cabral (PSB), que no dia anterior fez um pronunciamento na tribuna do parlamento em Brasília denunciando a redução dos recursos do SUAS pelo Governo Federal.

Foto: Divulgação/Reprodução

NÚMEROS – O corte orçamentário no SUAS pode representar o impacto direto em: 326 Centros de Referência de Assistência Social – CRAS; 425 Espaços de Promoção de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para crianças, adolescente e idosos; 158 Centros de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS; 8 Centros Especializados para População em Situação de Rua – Centro POP; 136 Unidades de Acolhimento Institucional, bem como o atendimento ao Programa Bolsa Família. No Estado de Pernambuco, atualmente 61% da população encontra-se no Cadastro Único de Programas Sociais – Cadúnico por estarem dentro da margem considerada de baixa renda.
No Estado, contabilizamos 305.224 beneficiários do Benefício de Prestação Continuada – BPC que dispõem de um salário mínimo mensal a pessoas com deficiência ou pessoas idosas acima de 65 anos que não tem condições de se manter, nem de ser mantida pela família e que possuam renda familiar inferior a ¼ de salário mínimo. Além disso, o Programa de Transferência de Renda com condicionalidades – Programa Bolsa Família – PBF atende a 1.121.854 famílias em todo o estado de Pernambuco, representando 44% de toda a população do Estado com benefício médio de R$ 176,66 por família/mês.

Charles Nascimento

Fundador do 1° jornal de Casinhas, o extinto "Casinhas Hoje"; correspondente há 20 anos do jornal Correio do Agreste, de Surubim; e editor há 7 anos do 1° blog de notícias da cidade, o Mais Casinhas. O comunicador pioneiro também foi realizador do 1° filme rodado no lugar, "Passarelas, Uma História de Carnaval", selecionado pelo "Revelando os Brasis". E é um dos coordenadores do Núcleo Agreste Setentrional da Associação dos Blogueiros de PE.
Seguir:

Notícias Recentes