Escola de João Alfredo monta espaço de leitura com doações de gibis

Foto: Ilustração/Google Imagens

Foto: Ilustração/Google Imagens

(fonte: Blog do Agreste)
.
A leitura permite a descoberta do mundo e o crescimento intelectual. Dentro do ambiente escolar, as oportunidades precisam ser criadas e as atividades inovadas. Pensando nisso, a Escola Municipal Governador Miguel Arraes de Alencar lançou o projeto de criação de uma “Gibiteca”. Os gibis serão as ferramentas de transformação social na vida dos estudantes da unidade escolar. “O objetivo da ‘gibiteca’ é despertar nas nossas crianças e adolescentes o gosto pela leitura”, destaca a coordenada Raimunda Abreu.
 
O espaço de leitura será montado com a doação de gibis. “Estamos, inicialmente, pedindo a colaboração dos profissionais da Educação para garantir o acesso à leitura divertida e educativa dos nossos alunos. Sendo assim, estamos pedindo a doação de um gibi”, explicou Raimunda. Todo o material arrecadado será levado para a “Gibiteca” da escola. Qualquer cidadão também pode doar gibis e fazer parte da construção desse espaço de leitura. Haverá um posto de coleta na Secretaria de Educação, Cultura e Esportes de João Alfredo.
 
Você sabia? Gibi foi o título de uma revista brasileira de história em quadrinhos, cujo lançamento ocorreu em 1939. Graças a ela, no Brasil o termo gibi tornou-se sinônimo de “revista em quadrinhos” (banda desenhada, em Portugal). Na época, Gibi significava moleque, negrinho, porém, com o tempo a palavra passou a ser associada a revistas em quadrinhos e, desde então, virou uma espécie de “sinônimo”. O Gibi teve originalmente em suas páginas tiras diárias e pranchas dominicais Charlie Chan Brucutu, Ferdinando (ou Família Buscapé) e vários outros personagens das histórias em quadrinhos.

Portal voltado principalmente para Surubim & Região, por meio de notícias e opiniões. Mas também direcionado para assuntos relevantes no restante do Brasil e do mundo em geral.

Notícias Recentes