Inclusão em Surubim sim, mas que seja por vias prósperas

EXEMPLOS DIÁRIOS /// Não é fácil sentir-se à vontade à mercê da insuficiente acessibilidade, numa sociedade às vezes insensível, mediante os dilemas recorrentes na vida de portadores de necessidades especiais. É preciso possuir apoio, sobretudo. Aspirando a cada jornada compreensão. Para, apesar dos pesares, seguir em frente, enfrentando limitações com garra.
.
Não é simples desenvolver o domínio resiliente das ações, principalmente em locais com ares ainda provincianos como Surubim. É necessário paciência, otimismo e descontentamento. Reivindicando no mínimo respeito e mudanças significativas em prol do coletivo, sem restrições.
Por certo, da última segunda-feira até então o município surubinense abriu espaço para os menos favorecidos (devido problemas físicos e/ou mentais), trazendo à tona equidade. E dignidade! Com apresentações, celebrações, palestras e afins, a fim de uma conscientização geral. Mas mais importante é entender que, além de tais eventos, deve-se estender para o dia a dia a mesma gana por inclusão social.
.
Exigindo do poder público o mesmo que se pode dar. Sob a positiva interação, em torno do mundo ao nosso redor. Pois bom é produzir o bem, agregando valor. Porém, não se trata de compaixão. O enfoque é realizar os deveres da cidadania, com paixão! Fazendo, incondicionalmente, parte do compromisso de cuidar das pessoas.

Luiz Carlos Mota

A comunicação me fascina. Gosto de relatar, informar e opinar. Portanto, pus no ar um site pra expor minha terra de uma maneira dinâmica, sob o meu prisma e o de outros autores.
Seguir:

Notícias Recentes