Jovem assassinado é o 1º caso de homicídio de 2019 em Surubim

Um jovem de 26 anos foi assassinado com cerca de 20 disparos de arma de fogo, na tarde desta segunda-feira (7), no Loteamento Nova Surubim. A vítima foi identificada como Davyd Samuel Silva de Brito, mais conhecido por “Gordinho” ou “Ném”, que morava na Rua Senador Nilo Coelho, no bairro São João da Escócia, em Caruaru, mas estava residindo em Surubim, desde agosto de 2018, após a Vara Privativa do Júri de Caruaru ter expedido uma Mandado de Prisão Preventiva contra ele.
 
Segundo o delegado Anderson Liberato, da 19.ª Delegacia de Homicídios de Caruaru, “Gordinho” fazia parte de uma quadrilha de traficantes com forte atuação no bairro São João da Escócia e que no ano passado matou várias pessoas que tinham envolvimento com o tráfico. Ele e outro rapaz, Marcelo dos Santos Silva, o “Marcelinho”, de 19 anos, que reside na Rua Adelmo Fontoura, também naquele bairro, são suspeitos de terem cometido pelo menos três homicídios em Caruaru. A ordem para a dupla executar os crimes teria partido de dentro de penitenciárias, de acordo com as investigações.
 
O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML), em Caruaru. Até agora não há informações sobre autoria e motivação do crime. Este é o primeiro homicídio registrado no município em 2019. No ano passado, ocorreram 19 assassinatos em Surubim, conforme números extraoficiais. A contagem da Secretaria de Defesa Social deve ser divulgada no dia 15 de janeiro.
 
(fonte: Correio do Agreste)

Fundador e editor-chefe do Jornal Correio do Agreste, além de comentarista político, escritor, pecuarista e entusiasta cultural.

Notícias Recentes