Mercadão do Zé estimula concorrentes a valorizarem mais os funcionários, os clientes e o marketing em Surubim

Aquele que vos fala é suspeito para opinar sobre o assunto, pois além de administrador deste site, é responsável pelo marketing (digital) do Mercadão do Zé. Todavia, o que tenho para expor ultrapassa meus humildes serviços no estabelecimento em questão e permeia por méritos também dos empresários, José Assis e Meirilane França, e do seu quadro de funcionários.

Ação do Dia dos Pais. | Foto: Lulu/Surubim News

Porque além das técnicas de comunicação utilizadas, pioneiras em Surubim, diga-se de passagem, existem atributos voltados à fidelização, atendimento, valorização profissional, relação interpessoal, ações solidárias, ações mercadológicas, patrocínios descentralizados, entre outros fatores.

Ação do Dia das Crianças. | Foto: Lulu/Surubim News

Não à toa, mesmo tendo menos de 3 anos de funcionamento, o Mercadão do Zé já caiu nas graças de centenas de consumidores de Surubim (e Região), competindo de igual para igual com supermercados que estão em atividade desde os anos 80, 90 e 2000.

Tradição do Mercadão: sopão solidário. | Foto: Lulu/Surubim News

Reforçando, há o marketing digital propagado principalmente através do Facebook e do Instagram, como força motriz de um conjunto de iniciativas que vem angariando aceitação satisfatória por parte dos clientes e elogios oriundos de parceiros comerciais, empresas e afins.

Ação da Matuta! | Foto: Lulu/Surubim News

Diante de tudo isso, a concorrência viu-se obrigada a sair do marasmo em que se encontrava e investir em meios de divulgação e inter-relação; às vezes, como em casos específicos, copiando (literalmente e de forma genérica) a proposta do Mercadão do Zé.

Meme com criança! | Foto: Lulu/Surubim News

Meme com crianças! | Foto: Lulu/Surubim News

Por fim, culminando assim numa sadia rivalidade, por consequência, beneficiando consumidores, promotores e funcionários. O que, convenhamos, é deveras elogiável e definitivamente, próspero para o âmbito comercial surubinense.

Alguns dos queridos funcionários do Mercadão do Zé. | Foto: Lulu/Surubim News

A comunicação me fascina. Gosto de relatar, informar e opinar. Portanto, pus no ar um site pra expor minha terra de uma maneira dinâmica, sob o meu prisma e o de outros autores.

Notícias Recentes