Quase 1 milhão de mulheres se reúne em grupo de Facebook contra Bolsonaro

As notificações não param de chegar: nove administradoras e 50 moderadoras se desdobram para gerenciar o grupo fechado: Mulheres Unidas Contra Bolsonaro, no Facebook. São mais de 10 mil pedidos de adesão por minuto. Criada em 30 de agosto, a página teve uma explosão, com 600 mil novas usuárias, entre os dias 9 e 10 de setembro: já são quase 800 mil membros até o momento.
 
Até o final da semana seremos 1 milhão. Nós vamos decidir essa eleição, vamos fazer história, a imprensa internacional falará de nós e nunca mais nenhum outro político ousará menosprezar a figura feminina”, escreveu uma das administradoras.
 
(fonte: Metropoles)

Portal voltado principalmente para Surubim & Região, por meio de notícias e opiniões. Mas também direcionado para assuntos relevantes no restante do Brasil e do mundo em geral.

Notícias Recentes