Linda história de superação: realizando sonhos e vencendo desafios com Rafaelle Alessandra!

(fonte: SEE)
 
A Secretaria de Educação do Estado (SEE) lança a partir desta quinta-feira (1), uma série de reportagens especiais em homenagem ao Dia Internacional da Mulher. Durante todo o mês de março, sempre às quintas-feiras, histórias de mulheres que compõem a Rede Estadual de Educação que conseguiram superar desafios e vencer as barreiras do preconceito será destaque nos canais de comunicação da SEE (Facebook, site e Flickr). Nesta primeira matéria você irá conhecer a história da estudante Rafaelle Alessandra, de 16 anos, estudante da Escola Ana Malta da Costa Azevedo, localizada na Bomba do Hemetério, Zona Norte do Recife. Sua história é um exemplo de vida e sua deficiência nunca foi um obstáculo, mas sim, um combustível para se tornar uma pessoa mais determinada.

Foto: Pedro Menezes

Ir ao shopping, ir à praia, ler livros, assistir séries e fazer tudo o que muitas meninas fazem, não são barreiras para a cadeirante Rafaelle. Com sequelas na fala, nas mãos e nas pernas não gosta de ser tratada com indiferença. Longe de se vitimizar, Rafa – como é chamada por todos – gosta de ser independente. Atividades simples como pegar um copo de água, colocar seu almoço e até se locomover a deixa contente. “As pessoas que me conhecem percebem que não precisam me tratar como um ser diferente. Hoje, eu já conquistei minha independência, em alguns casos específicos, e posso fazer várias coisas sem o auxílio de outra pessoa”, afirma.

Foto: Pedro Menezes

Sua deficiência também não impede de ser sonhadora e romântica. Amante da leitura, adora livros de romance, português e história. Matemática não é muito sua preferência. O sonho de se tornar uma advogada, construir uma família e ter filhos só amadurecem. Seu esforço é diário para que esse sonho se torne realidade. Na família encontrou refúgio para superar as barreiras da discriminação e do preconceito. Após superar traumas de infância, entende que tudo que passou serviu para seu amadurecimento.

Foto: Pedro Menezes

“Eu não me importo mais com minha deficiência. Minha mãe me ensinou desde criança a me aceitar. O que Deus fez na minha vida foi muito bonito. Eu sei que tem muitas crianças que quando crescem ficam revoltadas por ser portadora de algum tipo de deficiência, e o apoio da minha família foi fundamental no meu desenvolvimento”, contou Rafaelle sobre como é ser uma cadeirante.

Foto: Pedro Menezes

No preconceito ela não se curva e passa por cima. Sempre com muito bom humor e sabedoria de gente grande consegue superá-los. “Eu não ligo para o preconceito porque eu sei que as pessoas que estão em minha volta me amam muito mais. Eu não sou tudo aquilo que eles dizem”, pondera. “Eu sofro muito preconceito mais por parte dos motoristas de ônibus. Muitas vezes eles não querem parar e chegam até dizer que sou um empecilho. E já teve situações bastante constrangedoras”, lembra.

Foto: Pedro Menezes

Na escola Rafa é querida por todos. Sua professora de apoio, Jaciane Florentino, não esconde o orgulho de ter a oportunidade de ensiná-la. “Rafaelle é uma menina muito extrovertida e inteligente. Dentro de suas limitações, temos trabalhado fortemente para poder fazer com que ela aprenda as disciplinas. A escola tem sido um ambiente muito importante para o seu desenvolvimento”, confessa.

Foto: Pedro Menezes

Algumas partes da infraestrutura da escola precisaram ser ajustadas para poder atender suas necessidades. Lá, ela tem se integrado aos estudantes e criado laços afetivos que estão ajudando na sua socialização. Ao estudante Ítalo Gabriel, faz questão de mencionar. “Foi uma pessoa que me ajudou muito. Se não fosse o apoio dos professores e o suporte que ele me deu, acho que não teria conseguido chegar até aqui. Agradeço todos os dias a Deus por ter colocado esses anjinhos na minha vida”, considera.

Foto: Pedro Menezes

A estudante não tem abatido seus sonhos. Sua força de vontade de vencer é bem maior que seus medos. Seus temores logo são superados ao lado de pessoas que considera especial. Rafaelle nos presenteia com uma lição de vida ao mostrar que seus sonhos não dependem apenas das pessoas, mas principalmente, da sua própria determinação.

Portal voltado principalmente para Surubim & Região, por meio de notícias e opiniões. Mas também direcionado para assuntos relevantes no restante do Brasil e do mundo em geral.

Notícias Recentes