Tragédia que se repete: mais um supermercado é destruído por incêndio em Surubim

Três anos e dez meses após o Supermercado Kipreço ter sido totalmente destruído por um incêndio, mais um supermercado de Surubim foi consumido pelas chamas na madrugada deste domingo (21), o Nordestão Atacarejo. Segundo moradores da Rua Estácio Coimbra, vizinhos do estabelecimento, o fogo teria começado por volta das 2h.
 
O Grupamento do Corpo de Bombeiros da cidade foi acionado e pediu reforço de viaturas de Carpina e Toritama, além de caminhões-pipa, mas devido às proporções do desastre, mesmo com essa mobilização, toda a mercadoria que estava dentro do estabelecimento foi queimada. As labaredas chegaram a dezenas de metros de altura, causando pânico nas pessoas que moram próximas ao local . Os bombeiros conseguiram impedir que o fogo atingisse as residências ao redor do supermercado. Ninguém se feriu.
 
Este é o segundo caso de incêndio em supermercados de Surubim. Em 9 de janeiro de 2015, o Supermercado Kipreço, localizado na mesma rua, a 170 metros do Nordestão Atacarejo, sofreu perda total de mercadorias e equipamentos, por um incêndio que teria iniciado com um curto circuito. Naquela ocasião, se questionou muito o fato de uma cidade do porte de Surubim não ter uma unidade do Corpo de Bombeiros. A demora na chegada de uma viatura vinda de Santa Cruz do Capibaribe teria contribuído para que o fogo se alastrasse. O fato inclusive, foi bastante explorado por lideranças políticas para que o Grupamento do Corpo de Bombeiros fosse implantado no município. No incêndio de ontem, os profissionais já estavam plenamente instalados na cidade, mas não puderam impedir que todo o prédio fosse tomado pelas chamas. Os empresários do ramo devem investir em sistemas de prevenção e alerta de incêndios para evitar que outra tragédia dessas volte a acontecer.
 
Nessas situações, quanto mais rápido o primeiro foco for localizado, menores são os prejuízos. As causas que provocaram o fogo ainda não foram identificadas. A Policia Civil vai investigar o caso. Vários vídeos foram postados em redes sociais mostrando o incêndio. Clique nos trechos em negrito desta notícia e assista.
 
(fonte: Correio do Agreste)

Fundador e editor-chefe do Jornal Correio do Agreste, além de comentarista político, escritor, pecuarista e entusiasta cultural.

Notícias Recentes