Veículos pegam fogo após colisão na zona rural de Surubim e uma pessoa morre

Dois veículos bateram de frente e pegaram fogo na noite deste domingo (1.º), na Rodovia PE-106, que dá acesso à cidade de Vertente do Lério. A colisão aconteceu no Sítio Braz, zona rural de Surubim. Os automóveis que se envolveram no acidente, eram um Chevrolet Tracker, conduzido por Cícero Luiz de Andrade, de 59 anos, mais conhecido por “Dido Marchante” e uma caminhonete Toyota Hillux, na qual estavam a ex-prefeita e atual primeira-dama de Vertente do Lério, a médica Wélita Walquíria de França Silva Sales, de 50 anos, e outras duas mulheres identificadas como Alexsandra Elias Cabral e Ilda Maria Barbosa.

Dr.ª Wélita, ladeada pelo estadual Nilton Mota e pelo esposo, o prefeito Renato Sales, no Real Hospital Português de Beneficência, onde aguarda cirurgia (Foto: Reprodução/ WhatsApp)

Dr.ª Wélita como é mais conhecida, contou que seguia com o veículo para Surubim, quando foi surpreendida numa curva pelo automóvel guiado pelo marchante que estava na contra-mão. Após a batida, a médica conseguiu sair da caminhonete, ajudou a retirar as amigas e com auxílio de populares tentou retirar o condutor do outro veículo, que estava desmaiado. Enquanto se esforçavam para abrir a porta do carro, o veículo começou a pegar fogo, impossibilitando o socorro. O marchante morreu carbonizado. As chamas se alastraram rapidamente e também atingiram a caminhonete da ex-prefeita. O Corpo de Bombeiros foi acionado mas quando chegou ao local os carros já estavam completamente destruídos.

Cícero Luiz de Andrade, o Dido Marchante, teve o corpo carbonizado (Foto: Reprodução/ WhatsApp)

As três pessoas feridas foram levadas para o Hospital São Luiz, em Surubim e não correm risco de morte. Dr.ª Wélita deu entrada na unidade de saúde com uma lesão no calcanhar direito e foi transferida para o Real Hospital Português de Beneficência, em Recife, onde deve passar por uma cirurgia na tarde desta segunda-feira (2). Na manhã de hoje, ela recebeu a visita do vice-governador Raul Henry e do deputado estadual Nilton Mota. As outras duas vítimas, foram encaminhadas para o Hospital Regional do Agreste (HRA), em Caruaru. Alexsandra Elias, sofreu ferimentos no nariz e na sobrancelha, mas já recebeu alta médica. Ilda Maria, quebrou o fêmur esquerdo e aguarda procedimento cirúrgico.
 
(fonte: Correio do Agreste)

A comunicação me fascina. Gosto de relatar, informar e opinar. Portanto, pus no ar um site pra expor minha terra de uma maneira dinâmica, sob o meu prisma e o de outros autores.

Notícias Recentes