Roberto Fernandes espera do Lacerdão o “caldeirão” do Náutico na Série B

(fonte: G1)
.
Quem entrou no estádio Lacerdão no início da temporada e na tarde desta quarta-feira viu dois gramados diferentes. No Campeonato Pernambucano, o Central sofreu com as más condições do piso e teve que mandar os jogos longe de casa. Mas o campo passou por uma longa revitalização e vai receber o Náutico, em quatro jogos, nesta Série B do Brasileiro. No primeiro treino no Lacerdão, o zagueiro Breno Calixto reclamou do piso duro, mas afirmou que isso pode ser um ponto favorável para o Timbu.

Roberto Fernandes já está se sentindo em casa, no Lacerdão (Foto: Marlon Costa / Pernambuco Press )

– Estamos acostumados com o gramado da Arena, que dispensa comentários. Mas, para quem quer sair dessa situação, não importa o gramado. Estamos preocupados com o Inter. Pode ser grama, terra ou pista. O gramado aqui é um pouco duro e irregular. Como o Internacional é muito técnico, pode atrapalhar mais eles que a gente. O técnico Roberto Fernandes não entrou na discussão da qualidade da grama. O treinador comemorou o apoio da torcida no primeiro treino e o bom retrospecto na cidade.
 
– O Náutico aqui, historicamente, sempre fez bons jogos, teve bons resultados e muito apoio dos torcedores da região. É isso que vamos precisar nos quatro jogos. O Lacerdão será o nosso caldeirão, a nossa casa. Que a gente possa conquistar os resultados e ser muito feliz aqui. O Náutico volta a treinar no Estádio Luiz José de Lacerda, na tarde desta quinta-feira, às 15h30.

Surubim News

Últimas Notícias e fatos sobre Surubim e Região, PE. Além do cenário nacional e internacional, eventos, cultura, opiniões e crônicas da região.
Seguir:

Notícias Recentes